CEUB SP/Embu das Artes elimina Baska da disputa do ouro na CBS sub19

O CEUB SP/Embu das Artes passou pelo Baska Underground, neste domingo, pelos playoffs semifinais da Copa Basquete Sul sub19. Os #lobosdoembu venceram por 45 a 36 e ganharam o direito de decidir a final inédita da competição da estância turística. Em melhor de três partidas, o grupo do técnico Vinicius Dantas decidirá o título contra o invicto Santa Fé Hunters, que na outra semifinal passou pelo Coach Edu Gomes.

No retrospecto contra o Baska, o projeto CEUB Basquete soma três vitórias e nenhuma derrota. Os outros dois embates ocorreram na Liga Embu, que infelizmente não deve um desfecho, visto que o CEUB SP era um dos favoritos, e na fase de classificação da CBS, por 65 x 30. "Não começamos bem, falhando muito na defesa no primeiro tempo e cometendo muitos erros", afirma o técnico Vinicius Dantas, que há quase dois anos comanda a categoria. "No segundo período, fomos bem melhores e conseguimos chegar a esta importante final", completa.

Em mais de dois anos de comando do atual técnico, o grupo sofreu apenas uma derrota para o próprio Santa Fé Hunters. O elenco conta com diversos atletas da categoria sub17, que atualmente disputam também a NCB 2019. Apesar de ser considerado um grupo amador, o CEUB SP/Embu das Artes conta com uma gestão profissional. Os atletas são admitidos no elenco por meio de disputadas seletivas, que já reuniram mais de 300 atletas de diversos estados do País. Para frequentar o projeto, os atletas precisam frequentar a escola ou universidade. "Mais do que ganhar medalhas, nossa missão é educar e, para isso, buscarmos ser espelhos para esses jovens que encontram no basquete uma oportunidade de serem melhores pessoas", relata o supervisor técnico Fernando Pratti.

"Jogo basquete desde os nove anos (1981), ou seja são mais de 30 anos de dedicação por importantes clubes do interior, Grande São Paulo e Estados Unidos, incluindo quase dez anos de federação universitária, oportunidade que tive para cursar três cursos superiores e um técnico. Em todo esse período, nunca sofri uma desqualificação sequer e sempre demonstrei respeito aos meus adversários, árbitros e écnicos. Também tenho formação em arbitragem pela Federação Paulista de Basketball, sou comentarista do NBB pela Rádio SUD e para abrir espaço para novos atletas jogarem, criei, junto com Gabriel Silva, a Copa Basquete Sul, que em sua segunda temporada está entre os principais torneios amadores do Estado. Acredito que quem se mantém há tanto tempo em um meio restrito como o nosso, precisa se manter idôneo e ter um mínimo de capacidade. Tenho falhas, como todos, e muito a desenvolver com meus atletas, que me ensinam a cada dia", desabafa.

Com apoio da Secretaria de Esportes de Embu das Artes, por meio do secretário Anderson Nóbrega e os diretores do time e do ginásio do Jardim Independência, Luizão do Basquete e Nildo Leão, eles dispõe de academia e ginásio coberto para treinos. Mesmo sem contar com um patrocínio para bancar as despesas básicas do time, como transporte, alimentação e taxas, o time tem acordos com fornecedores de uniformes e isotônicos, por exemplo. Além de projetos de adoção de atletas por meio de pessoas físicas ou jurídicas. Para o próximo ano, o objetivo dos campeões do município é disputar o Campeonato Paulista da FPB e para isso á há um planejamento em execução.


Com apenas uma derrota em mais de dois anos, atletas do CEUB SP/Embu das Artes lutarão pelo título inédito

     

© Copyright CEUB Basquete 2019

SEJA PARCEIRO

YouTube Twitter Fale Conosco Instagram Facebook Facebook CEUB SP Resultados Projeto CEUB Store Copa Basquete Sul Sudract Embu das Artes Aktion Store